Conheça as 5 ferramentas da Innermetrix

Inovação na gestão inteligente de pessoas. A Innermetrix trabalha sempre pensando em ajudar indivíduos e empresas a desempenharem alta performance, criando uma cultura organizacional com foco em resultados.

Um dos objetivos das ferramentas da Innermetrix é o desenvolvimento da autoconsciência e autenticidade dos colaboradores que compõem as empresas, e, consequentemente, o entendimento profundo de cada pessoa, potencializando, assim, o talento humano. 

Para que isso ocorra, a Innermetrix trabalha com cinco ferramentas que podem ser utilizadas, isolada ou concomitantemente, para todos os processos de gestão e análise estratégica de pessoas e empresas. 

As ferramentas permitem, inclusive, a avaliação precisa, científica e quase instantânea, de aspectos como a ‘saúde’ de uma organização, além de identificar talentos, motivadores de engajamento e o perfil comportamental dos colaboradores. 

Abaixo, listamos as cinco principais ferramentas desenvolvidas pela Innermetrix. Vamos a elas:

ADVanced Insights Profile (ADV) 

O ADV é a união das três melhores ferramentas de avaliação do mercado – o A da abreviatura ADV identifica o Attribute Index (o ‘que’ no desempenho humano), o D o Disc Index (o ‘como’), e o V o Values Index (o ‘porquê’). Todos os três serão detalhados na sequência). 

Podemos dizer que o ADV é a soma da autoconsciência com a autenticidade. A união desses dois fatores permite que o ser humano usufrua ‘o dobro de sua performance pela metade do esforço’, um dos principais lemas da Innermetrix. 

O ADV apresenta relatórios contendo mais de 70 páginas, com informações valiosas sobre o seu próprio perfil, sobre suas habilidades (skills) e insights sobre como utilizar esses dados para obter melhores resultados.

De posse desse conteúdo, é possível alcançar o máximo desempenho em qualquer função ou atividade a ser desempenhada.

Attribute Index

O Attribute Index ou ‘o que’ da performance humana permite medir, como o próprio nome diz, os atributos ou habilidades/competências organizacionais da pessoa em seis dimensões, entre as quais: empatia, pensamento prático, julgamento de sistemas (externas), autoestima/auto-crença, consciência de função e auto-direção (internas). 

O objetivo da medição é aumentar a eficiência de cada indivíduo, bem como das equipes de uma organização. 

Essa ferramenta avalia o estilo cognitivo da pessoa em mais de 80 áreas relacionadas aos negócios e é considerada fundamental para encontrar, desenvolver e reter talentos. 

DISC Index

O DISC Index ou ‘como’ da performance humana permite compreender e medir o estilo de comportamento natural de uma pessoa. A partir dessa ferramenta, é possível interpretar as preferências e hábitos de cada um dos membros de uma equipe, seja ele líder, gerente, analista etc., no dia a dia de um ambiente laboral ou até mesmo na resolução de conflitos/crises.

O instrumento permite a avaliação de quatro dimensões do comportamento humano: dominância, influência, estabilidade e cautela.

O índice DISC também pode ser utilizado na seleção e contratação, na troca de cargos de sucessão e no desenvolvimento de equipes. 

Values Index

O Values Index ou o ‘porquê’ da performance humana trabalha o que motiva os funcionários de uma empresa. A ferramenta permite traçar um perfil de motivações, de tomadas de decisão quanto à seleção e contratação, por meio da compreensão do que move, motiva e inspira um indivíduo. 

A ferramenta mede sete dimensões motivacionais. São elas: estética, econômica, individualista, política, altruísta, reguladora e teórica. 

O índice Values é uma maneira de descobrir as paixões que levam à ação. É também eficaz quando se trata de motivar funcionários e de compreender o porquê eles fazem o que fazem, como forma de obter o melhor de cada indivíduo. 

Organizational Health Check Up (OHC)

O OHC mede a ‘saúde’ da organização, permitindo identificar os pontos fortes da equipe, as áreas em que é preciso melhorar e como os funcionários podem atingir alta performance. 

A implantação da ferramenta permite investigar 55 áreas, 11 das quais prioritárias, necessárias para o desempenho ideal de uma empresa. Essas 11 áreas são: pessoal, gerência, cultura, operações, vendas e marketing, serviço ao cliente, estratégia e planejamento, liderança, eficácia da equipe, colaboradores e alinhamento da equipe. 

A partir desses resultados, é possível desenvolver um plano de ação de longo prazo para um crescimento eficaz e sustentável, com apontamentos/soluções quanto a áreas problemáticas e maximização de segmentos exitosos.

Sobre a Innermetrix

A Innermetrix é uma empresa fundada em 1999, nos Estados Unidos por Jay Niblick, consultor e CEO da empresa, autoridade mundial em Axiologia Formal aplicada a ambientes de negócios. No Brasil, a Innermetrix abriu as portas em 2016 e atua em 42 países. 

Autor de bestsellers como ‘What-s your Genius’, com prefácio de Anthony Robbins, e ‘The Profitable Consultant’, com prefácio de Marshall Goldsmith, Jay possui múltiplas patentes nas áreas de tecnologia e direitos autorais, tendo focado seu trabalho na identificação e maximização do talento humano.

As áreas de atuação da Innermetrix envolvem: prestação de serviços nos setores de desenvolvimento humano e organizacional; serviços de consultoria/mentoria de negócios; capacitação/treinamento individualizado ou em grupo; distribuição de ferramentas/softwares/soluções para empresas, elaboração de pesquisas de engajamento, onboarding (integração entre colaboradores) e um ‘check-up’ da saúde de sua empresa.